terça-feira, 14 de outubro de 2008

Conversa de academia


O 'Musa' é um sucesso tão absoluto que até mesmo talentos de alto quilate objetivam um espaço por aqui. Um exemplo é minha amiga Samantha J. (nome fictício), que decidiu compartilhar uma de suas divertidíssimas histórias com o meu seleto grupo de leitores. Depois de muita insistência por parte da moça, autora do sensacional e pertinente blog 'eu tenho dedo podre', aceitei. Aí vai:


Felizes são aqueles que conseguem encontrar uma atividade física que lhes proporcione alegria. Infelizmente, comigo isso não acontece. O único esporte que me faz feliz é levantamento de copos. E como me aproximo da tão temida idade adorada por Balzac, a academia de ginástica é a chance que me resta na luta contra a força da gravidade e a multiplicação descontrolada de células adiposas.

Pois bem, tento freqüentar o aprazível local o maior número de dias possíveis. Toda vez que não estou de ressaca dou uma passadinha por lá. Sempre munida de fones de ouvidos, ligados em alto volume, para me comunicar o menos possível com a estranha fauna que lá habita.
Mas nesse dia meu par de companheiros ficou esquecido em casa, e ao invés das minhas agradáveis músicas, tive o prazer de ouvir as conversas alheias. Um professor com cabelos arrepiados à custa de muito gel ajudava uma aluna loira e gostosa a fazer o seu alongamento.

Loira gostosa:
-Eu nunca vi eles tocarem, parece que eles usam umas fantasias, né?!
Professor com gel:
-Eu já vi. Cara, eles arrebentam. E usam umas roupas muito esquisitas. Vou de novo!
Loira gostosa:
-Mas fica ligado, que a parada vai terminar cedo. Às oito.
Professor com gel:
-É mesmo? Mas que caído, o último evento que eu fui lá não terminou cedo, terminou às onze.

Eu estava achando aquilo muito interessante, ‘Olha como eles são saudáveis!’, eu pensava. ‘Freqüentam shows com horário de matinê. Será que é pra vir malhar no domingo?’ Então a loira gostosa continuou:
- E sabe que eu não gostava de música eletrônica?! Agora me apaixonei! Eu fui nessa última festa. Mas fui embora sete e meia, não agüento ficar até o final da manhã!
E o professor retrucou:
- Juuura? Eu fico até o fim sempre!

E subitamente tudo se esclareceu! As pessoas saudáveis passam seus dias de folga pulando e se entorpecendo em raves com o sol a pino!!! Meu Deus, e eu que achava que eu e meus amigos sambistas éramos boêmios! Meu mundo caiu!

4 comentários:

Paulinas disse...

Esta é exatamenta a relação que mantenho com a minha acdemia de ginástica.

Juliana disse...

Tenho me relacionado bem ultimamente: vou em horários que não há ninguém a minha volta!
Mas só assim mesmo! hehe
Bjs

Mariana disse...

Cara amiga de todos os meus amigos e visitante ilustre,

a loira gostosa não deve nem saber o que é música eletrônica. Gostou foi de outra coisa....

Beijos!

E. Farias disse...

Uau, o máximo que eu escuto é: "Pô, lek, tá rasgadão, ae!". Claro que nunca estão se referindo a mim...