segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Seca e protesto no Maraca


O Maracanã, definitivamente, não é mais aquele. Depois que a CBF proibiu a venda de cervejas no estádio, temos que nos contentar em matar a sede pagando 3 real num refrigerante pra não sucumbir à humilhação de consumir uma kronembier, aquela maldita cerveja sem álcool.

E como nada é tão ruim que não possa piorar - conforme reza a lei de Murphy - também privaram a nós, frequentadores assíduos do Maraca, da cervejinha na entrada do estádio, aquela essencial para entrar no clima do jogo. Graças ao tal choque de ordem do Eduardo Paes, nosso maravilhoso prefeito eleito, os amigos camelôs sumiram das redondezas. Foi desolador o que vi ontem no Fluminense X Vasco. Eu ali, sob um calor senegalês, esperando um amigo no Belini... e nem um latão de skol para aplacar a sensação de estar inserida num forno a lenha.

De repente, um lampejo de esperança. Um ambulante de uma estirpe mais malandra teve a feliz ideia de circular o estádio a bordo de uma bicicletinha, ofertando o precioso líquido para sedentos tricolores e vascaínos ali presentes. Sorrateiramente, o trabalhador autônomo aproveitava-se da ausência de fiscalização em alguns trechos e fazia um rápido pit stop para negociar sua mercadoria, que se esgotava antes que PMs e torcedores mais distraídos atentassem para tão abençoada presença.

Foi em um dos pit stops que eu, depois de quase me estapear com um vascaíno mal-educado e desembolsar 4 real, consegui adquirir uma latinha de antarctica quente. A única da noite, que terminou com o meu time eliminado em jogo de nível técnico similar a um Solteiros x Casados no Aterro do Flamengo. Mas tive um momento de diversão (além de mandar o Leandro Amaral tomar no cu): ver o protesto solitário de um tricolor revoltado, que esbravejava contra o prefeito eleito no intervalo:

- Eduardo Paes, quero cervejaaaa!! Filho da puta!! Choque de ordem é o caralho!!, gritava o combativo torcedor, que direcionava o ódio também para os colegas de arquibancada:

- Votaram nele, né? Votaram no Eduardo Paes! Bem feito!!! Tão vendo aí? Todo mundo com sede!! Se tivessem votado no Gabeira, tariam comprando até um baseadinho no Maracanã!


8 comentários:

Tio Xavier™ disse...

Antarctica quente, time eliminado, EP prefeito... Xuxu conheço uma mãe-de-santo que faz um descarrego inigualável. Qq coisa me procura.

Leo Pinheiro disse...

Realmente o Maraca não é mais aquele... Depois que tiraram a Geral... Não dá mais para comemorar o gol correndo!

Raphael Crespo disse...

Foda é amargar a eliminação do seu time a seco, ou, o que é pior, com uma Antarctica quente!!!

Hahahha

Foi mal, Thati! Tive que rir! E muito!!! Mais da tragédia do fluzinho do que da sua! heehehe

Beijão!

Ana disse...

Ah, liberava e pronto...se o cara beber e perder a noção, a polícia desce o cacete no inconveniente e pronto. o.O

Cheshire cat disse...

"tivessem votado no Gabeira, tariam comprando até um baseadinho no Maracanã!"

Morri!

Hermes disse...

Excelente o seu blog, cada "causo" mais engraçado e bem contado que o outro.
Seu vocabulário tem um "q" de Nelson Rodrigues.
Também né, jornalista, carioca e tricolor, essa combinação tinha tudo pra ser frutífera.
Tirando o bairrismo de lado tambem, ganhou a admiração de um "caminhoneiro" leitor paulista.
Muito bom!

Musa de Caminhoneiro disse...

Agradicida, Hermes. Nelson é ídolo, quem sou eu...

Musa de Caminhoneiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.