domingo, 18 de dezembro de 2011

Mamy nas festividades de fim de ano


Mamy entrou no meu quarto às 8h da madrugada pedindo a módica quantia de 10 dinheiros. "Pra comprar umas coisinhas", justificou. E lá foi ela, lépida e fagueira. Retornou há pouco, quase 3 da tarde, trazendo em mãos 2 DVDs notadamente adquiridos no comércio ambulante: um do Michel Teló e outro do Seu Jorge.

Diante da minha expressão de horror ao constatar que meu suado capital fora empregado naquele lixo, se apressou em explicar o porquê da aquisição: Mamy participará do amigo oculto da Associação de Moradores e Amigos do Morro do Estado. E os citados DVDs foram os presentes escolhidos pela sujeita que ela tirou.

Que alívio, minha gente! Mamy tem lá sua personalidade peculiar, mas o máximo de mau gosto musical que já manifestou foi um apego pelo Exaltasamba. Minha progenitora, creiam, tem vinis do Led Zeppelin guardados como um tesouro! O bom gosto musical, porém, não se estende aos eventos aos quais frequenta. Afinal, imaginem o nível de um amigo oculto cuja participante pede de presente esse tipo de produto?

Um comentário:

souzaelacerda disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.