sexta-feira, 7 de março de 2008

Mó lazer, o retorno


O BAR DO PARÁ


Meu amigo e companheiro de silviço, Rodrigo Viellas- um fã ardoroso do Musa- me pediu para ressuscitar a coluna mais famosa do universo blogueiro, a "Mó Lazer". Como fiquei um tempo sem circular pelo baixo clero, acabei ficando sem idéias para a seção, mas, atendendo ao pedido do Viellas, aí vai:

Minha sugestão de lazer du bom desta semana é o Bar do Pará. O estabelecimento está localizado no aprazível Morro do Palácio, em Nikit (pra quem não sabe, é aquele que fica em frente ao disco voador do Nimeyer, o Mac). E Por que o Bar do Pará? O que mais tem em favela é boteco, pensarão alguns. Simplesmente, leitores, porque o Pará é muito mais do que um boteco de morro. O Pará é o pico!

A cerveja (de garrafa, é claro) é sempre gelada e baratíssima! Uma skol sai por módicos R$ 2,50!! E sempre tem alguém pra encher meu copo! hehehe




No Pará, não precisa haver motivos para comemorações. Todas as sextas e sábados, tem uma festinha improvisada no point. Quando não rola uma caixa de som emanando os últimos sucessos do funk acima dos limites de decibéis permitidos por lei, a galera que se reúne lá- numerosa, diga-se de passagem- garante a trilha sonora introduzindo moedinhas em uma juke box que conta com vasto repertório. Eu sempre seleciono as minhas preferidas do Bezerra.

Porém, sendo o dono do estabelecimento que leva o seu nome um retirante nordestino, o que impera mesmo é o forró. E foi na sexta-feira passada, em mais uma noite memorável que passei no referido local, que ouvi "Motel Paraíso", uma inesquecível pérola desse popular gênero musical. Compartilho um trecho com vocês:

O Motel Paraíso
pra mim é um inferno
O Motel Paraíso
deixou meu peito deserto
No Motel Paraíso
foi que o pecado se fez
No Motel Paraíso
eu fui traído
pela primeira vez...

8 comentários:

Leon disse...

Olá musa tricolouca!
Você mente escandalosamente para aqueles que desconhecem o paraíso perdido do outro lado do oceano:
O Morro do Palácio, com muita boa vontade, fica de COSTAS para o MAC.
Beijos

Musa de Caminhoneiro disse...

Lion, eu não minto, só me engano. Você está certo: o morrão fica dis costa pro Mac!

Brigadeiro disse...

A-D-O-R-E-I

Bjos para a musa...

O mundo de Sabrina disse...

Poesia pura essa musiquinha, hein?
Beijos!

Juliana disse...

Esse foi o bar do seu aniversário??

Musa de Caminhoneiro disse...

Não, Ju. Fica um pouquinho mais acima...hehehe
O do meu aniversário é o Bar do Renato!

Anônimo disse...

só pra seu conhecimento...

"Porém, sendo o dono do estabelecimento que leva o seu nome um retirante nordestino"

- OI...conhecí seu blog hj, gostei!!
mas quero ressaltar aki que o Pará não fica no Nordeste e sim no Norte do nosso lindo País ok??
sou paraense de Belém do Pará, não conheço o Bar do Pará, mas morro de inveja, pois o dono sendo paraense, já imagino que deve ser uma figura notória e que sabe fazer bonito!!
quanto ao forró, em belém também toca muito, mas o som que predomina aki em belém é o brega melody e o tecno-brega, muito embora eu ame o rock numa roda de amigos e com cerveja gelada cai bem.
bem , por ora é só, so passei pra dizer isso, pois parece que quem não é do Norte/nordeste desconhece a geografia do nosso país.
desculpe a invasão mas achei q devia postar aki meu comentário.
bjos.

Musa de Caminhoneiro disse...

Caro anônimo, obrigada pela visita. Mas você cometeu um engano. Eu sei perfeitamente que o Pará fica no Norte. Releia a frase. Eu disse que o dono do bar é um retirante nordestino e que o bar leva o nome (apelido), Pará. Em momento algum disse que o individuo tem essa alcunha por ter vindo do estado do Pará, disse? Portanto, antes de dizer que a musa não sabe geografia, tome umas aulinhas de interpretação de texto. beijoca