quinta-feira, 25 de janeiro de 2007

De volta: recado para os meus 10 leitores

Estou desapontada comigo mesma. Sempre nutri um certo desprezo por pessoas que criam blogs e depois abandonam as crias, como mães desnaturadas. E aqui está o Musa de Caminhoneiro, jogado ao leo, pobrezinho. Mas, queridos e fiéis (será que ainda são?) leitores, tenho uma explicação para o sumiço. Não tenho mais tempo pra nada. Meu novo ofício me obriga a em casa às 3h da madruga e sair ao meio dia. No período que resta, e durmo. Não executo mais nem as tarefas banais do cotidiano, como pagar contas, ir ao supermercado, telefonar para os amigos, ler jornal. Só trabalho, como (quando dá) e durmo (quando dá). Enfim...não tenho mais inspiração para atualizar o Musa. Essa justificativa é previsível. Sim, também é bem inconsistente, afinal, tanta gente faz várias coisas ao mesmo tempo! Que inveja dessas pessoas...Eu, definitivamente, não sou uma delas.


Mas, pasmem! Sinto que estou me adaptando ao novo e frenético ritmo. Até consegui acordar cedo hoje! E mandar um e-mail para o meu antigo chefe, que me espera desde o dia 1 para uma reunião. Consegui também tomar café da manha com o meu filho, que já nem se lembrava mais que tinha mãe. E consegui também escrever essa pequena justificativa para os meus fãs. Viram? Prometo que na próxima manhã de inspiração (e disposição) posto logo uns três textos de uma vez!

6 comentários:

Thales disse...

o tempo é uma ilusão

Gabriela Iscariotes disse...

Sei o que é isso, porque também deixei o meu blog ao léu por mais de 2 meses (mas estou voltando). É só ter paciência que as coisas se ajeitam.^^

Tio disse...

Melhor silenciar por um tempo do que postar merda. Vejo tantos blogs a proliferar inutilidades.

Ju disse...

Thati, cada corno tem o horário que merece! E não se anime muito: quando vc se acostumar, essa rotina acaba! :P Tô com saudades!! Bjss

Moscow disse...

"Se você pudesse me dizer Se você soubesse o que fazer O que você faria? Aonde iria chegar? Se você soubesse quem você é Até onde vai a sua fé O que você faria? Pagaria pra ver? Se pudesse escolher Entre o bem e o mal Ser ou não ser? Se querer é poder Tem que ir até o final Se quiser vencer Se pudesse eu te levaria Até onde você quer chegar O brilho das estrelas O primeiro lugar O mundo é perigoso E cheio de armadilhas De mistério e gozo Verdades e mentiras Viver é quase um jogo Um mergulho no infinito Se souber brincar com fogo Não há nada mais bonito" rsrsrsrsrs Não resisti. Beijo M!

FLP disse...

Justificativa feita, texto lido. mas não aprovo o desleixo c os seus 10 fãs e assíduos leitores. humpf! só perdôo pq ainda quero te ver esse ano. bjos c carinho na sua bochecha esquerda. bom trabalho e arrebenta!!