terça-feira, 15 de agosto de 2006

O presidente e a Província de Araribóia

Lula ama Niterói. Compreensível, já que a cidade, além ficar pertinho da capital, é cheia de estaleiros e, portanto, cheia de petroleiros e metalúrgicos, o "eleitorado trabalhador" tão fiel ao presidente! Também atrai o chefe maior o fato de a nossa cidade ser governada por um petista. E aí que eu me ferro! Como funcionária de cargo comissionado da prefeitura, sou inevitavelmente "convidada" a participar das solenidades lulísticas aqui na Província de Araribóia.

Já fui à inauguração de plataforma (que ainda não estava pronta), assinatura de acordo para encomenda de petroleiros, e ainda despenquei pro Clube Mauá, na vizinha São Gonçalo, para assistir a uma incrível solenidade de "lançamento de pedra fundamental" de uma nova refinaria da Petrobrás. Nossa! Se existe inferno, acredito que tenha um cenário parecido com aquele.

A temperatura chegava a 40º (quem conhece São Gonça sabe o que significa um dia de calor na cidade)! Centenas de criancinhas (que chegaram em ônibus fretado pela prefeita, que é do PFL, mas afaga o presidente) corriam e gritavam pelo lugar, enquanto mamães e professoras assistiam empolgadas ao discurso do nosso presidente num telão (isso mesmo, não coube todo mundo na parte interna do clube. Grande parte ficou de fora vendo tudo no telão). Enfim...

Mas no quesito perrengue, nada se compara ao que eu passei durante a última passagem do ilustre representante maior da nação por essas bandas...Dessa vez, ele não veio como presidente, mas como candidato, pra fazer um comício. Num fim de tarde de sexta-feira, era prenuncio de um programa inesquecível! E foi...

Quando cheguei, já me deram uma bandeira pra eu incorporar o clima de cabo eleitoral. Com o adorno em punho, pensei que bastava esperar a chegada no presidente-candidato e partir para minha noitada sagrada de sexta-feira. Ledo engano...a organização do comício preparou uma prévia: os candidatos a deputado fariam discursos. Mais de 20 candidatos! Meu consolo foi o discurso de um candidato a deputado estadual campista totalmente fanho, que me rendeu boas risadas naquele momento de mau-humor.

Terminada esta etapa, achei que terminaria também meu calvário. "O presidente vai chagar logo, vai fazer sua fala e eu vou poder ir embora me preparar pro meu sambinha", pensei. Mais uma vez, estava enganada...
O homem só chegou meia hora depois. O que ficamos fazendo nesse ínterim? Ouvindo exaustivamente o jingle É lula de novo, com a força do povo enquanto um cara, que mais parecia um animador de programa de auditório, clamava aos berros:

-Quem vota em Lula, levanta a mãããããão!

Pedido intrigante. Será que algum eleitor do Alckmin sairia do trabalho numa sexta-feira e, ao invés de tomar seu chopp, iria direto para um comício do PT? Bem...

Por volta de 8h da noite, o comício, enfim, acabara. Me preparava pra ir pra casa, me arrumar pro meu sambinha, quando alguém esbarra na minha bolsa, fazendo meu celular ser projetado direto pra uma poça d'água, onde submergiu e...morreu. Era tudo que eu precisava. Com minha conta no vermelho e meu limite do cartão de crédito estouradíssimo, ter que comprar um celular novo. Mas essa história fica pro outro post...

Pelo menos, consegui ir pro meu sambinha...

7 comentários:

André Kano disse...

[andretk@gmail.com]
Mas afinal. Como o poeta, vc tb está viva, foi ao inferno e voltou, mas não disse qual é o seu novo número. Beijos e parabéns pelo blog. Kano

Marcel disse...

E por essas e outras que não tenho celular! Só celulite... :(

Ostiano disse...

Ah Tati, que mau humor... Procure ver sempre o lado bom das coisas. Neste seu caso específico o lado bom foi... foi... foi... ah, sei lá. Mas se olhar com carinho, vc certamente vai encontrar uma justiça poética ou uma lição de vida qualquer nesta história toda. Detalhe, também não tenho celular e vivo feliz pra caramba :))

Rosangela Comunale disse...

O que pensar dos tempos em que jornalista usava máquina de escrever e não tinha celular??? .

Rodrigo Rozendo disse...

O meu celular já caiu numa privada, e continua funcionando. Isso prova que a telefonia celular no Brasil é mesmo uma merda! Beijo!!!!!!!!!

Dani disse...

Tati(sem H)...dificil de acostumar,mas...amei parabéns...como sempre muito inteligente,conseguiu fazer de uma história chata divertidissima tô morrendo de rir...(perdão)beijos!!

Ju (prima da Dani) disse...

tati!! recebi um e-mail da dani com um link do seu blog e resolvi aparecer! to amando, muito engraçado! só vc mesmo pra me fazer rir as 2:26 da manha de domingo pra segunda em plena insonia...